Fundos de investimentos
Finanças

Fundos de investimento para 2021: Confira quais são os melhores

No artigo de hoje, você terá a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre os fundos de investimento e por meio das informações que você conseguirá obter aqui, você terá a chance de saber como investir e em qual tipo de fundo de investimento investir. Além disso,  esse artigo ainda poderá mostrar para você, uma série de dicas que poderão ser úteis para ajudar você a escolher o fundo de investimento ideal. Continue ligado e saiba mais.

Veja também:
IPCA: Tire todas as suas dúvidas sobre o assunto
Quem pode fazer consórcio? Como ele funciona? Confira
Planejamento financeiro para freelancers: Veja dicas de como organizar

O que são fundos de investimentos?

Os fundos de investimento se tratam de aplicações que são feitas por vários empresários em determinados tipos de investimentos. Assim, cada empresário/investidor, se responsabiliza por pagar uma parte desse fundo de investimento e assim, os lucros obtidos nesse investimento são divididos em igual entre eles. Logo, existem vários tipos de fundos de investimento que você conhecerá a seguir.

Quais os melhores fundos de investimento para 2021?

A seguir, você terá a oportunidade de poder conhecer alguns dos melhores fundos de investimento do ano de 2021 e assim, você terá a oportunidade de poder investir sem medo. Veja:

  • Fundos de ações;
  • Fundos cambiais;
  • Fundos multimercado;
  • Entre outros.

Quanto tempo dura um fundo de investimento?

Pelo fato dos fundos de investimentos não se tratarem de títulos, eles não possuem um tempo de duração ou vencimento e são totalmente diferentes dos investimentos do tipo renda fixa. Isso faz com que muitas pessoas se atrapalhem, por isso causem confusão. No entanto, reforçando mais uma vez, os fundos de investimento não possuem data de validade/vencimento.

O que é a diversificação de investimentos?

A diversificação de investimentos se trata da possibilidade de você investir em diversos tipos de investimentos, onde o seu dinheiro é distribuído e assim, você consegue ter a possibilidade de ter menos chances de riscos, além da possibilidade de conseguir obter um maior número de lucros. Sendo assim, com uma diversificação de investimentos você consegue melhores resultados.

Os principais tipos de fundos de investimento

Hoje em dia, existem os mais diversos tipos de fundos de investimentos, onde você consegue obter maiores riscos ou menores riscos, além da possibilidade de você conseguir ótimos lucros e lucros menores. Sendo assim, os principais tipos de fundos de investimento e os mais contratados são: fundo de renda fixa  de ações; fundos imobiliários; fundos multimercado.

Como escolher um fundo de investimento adequado

Se você não é tão experiente no ramo de finanças e por este motivo você está em busca de dicas que possam ajudar você a conseguir escolher o melhor dos fundos de investimento, então saiba que a seguir, você terá a oportunidade de conseguir conhecer algumas dicas que serão capazes de te ajudar a escolhê-lo de forma fácil e rápida. Sendo assim, continue ligado e saiba mais:

Descubra qual é o seu perfil de investidor

Primeiramente, será necessário que você analise bem e com isso, descubra qual é o seu perfil de investidor. Ao fazer isso, você terá a oportunidade de descobrir qual é o tipo de fundo de investimento que mais combina com o seu perfil e assim, investir em algo que você sabe que realmente combina com você. Por isso, é importante verificar esse perfil antes de começar a investir.

Defina seus objetivos

Você também precisa definir os seus objetivos antes de começar a investir em fundos de investimentos. Sendo assim, é necessário que você pense no que você fará com o dinheiro que você está investindo e com isso, saber direcionar e distribuir bem o seu dinheiro. Através dos seus objetivos, você também consegue descobrir qual é o tipo de investimento melhor para você.

Analise o histórico de desempenho do fundo

Além disso, outra dica que é capaz de ajudar você a conseguir escolher um fundo de investimento de forma rápida e fácil, é a de você analisar bem o histórico de desempenho do fundo. Ou seja, você irá analisar como foi o desempenho de determinado rendimento nos últimos anos e com isso, descobrir se vale a pena ou não escolher esse tipo de fundo de investimento.

Preste atenção nas taxas

Outra coisa que você precisa ficar de olho e analisar bem antes de conseguir encontrar e escolher o seu fundo de investimento, é prestar bastante atenção nas taxas de cada um desses fundos de investimentos, para que assim, você escolha aquele fundo que se encaixe melhor no seu bolso. Portanto, não deixe de conferir essas taxas antes de escolher a suas melhores opções de fundos de investimento.

Verifique o prazo para resgate

Antes de você escolher o seu fundo de investimento, algo que também é bastante importante e que você deve fazer, é verificar bem os prazos para resgate que cada fundo de investimento possui, pois, você vai conseguir escolher um que possua um prazo que se encaixe naquilo que você está pensando em fazer com o dinheiro investido. Por isso, certifique-se de verificar esse prazo.

Entre em contato com uma corretora

Outra dica que também poderá te ajudar bastante antes de realizar a aplicação em qualquer tipo de fundos de investimento, é a de você procurar por uma corretora. Com a ajuda de uma corretora, existe a possibilidade de você conseguir ter maior facilidade, já que ela poderá elaborar estratégias e com isso, conseguir definir  qual é o melhor tipo de fundo de investimentos para você.

Avalie as opções disponíveis

Você ainda pode avaliar todas as opções que estão disponíveis no mercado e conhecer cada um dos tipos de fundos de investimento que são oferecidos e com isso, separar as opções que mais combinam com o seu perfil e a partir daí, conseguir escolher aquele que mais lhe chamou a atenção, oferece as melhores taxas e você sabe que se encaixa perfeitamente no seu perfil de investidor.

Acompanhe os índices

Além disso, na hora de realizar aplicações em fundos de investimentos, é importante que você realize o acompanhamento completo de todos os índices. Por meio dele, você consegue fazer a identificação dos melhores tipos de fundos de investimentos, podendo escolher o tipo de investimento que mais combina com o seu perfil de investidor e realizar já a sua aplicação.

Como funcionam?

A seguir, confira como funcionam os fundos de investimentos:

Benchmark

O benchmark se trata de um tipo de índice. Ele é utilizado para traçar metas a serem ultrapassadas. Sendo assim, cada um dos tipos de fundos de investimentos, seja ele qual for, possui o seu benchmark. O benchmark é considerado bom, quando o gestor consegue exceder a meta estabelecida. Sendo assim é importante verificar esse índice sempre que possível.

Taxa de administração

Além de possuir benchmark, todos os tipos de fundos de investimento possuem também a taxa de administração. Essa taxa de administração incide em cima do valor que você investiu e com isso, é cobrada de mês em mês. Além da taxa de administração, ainda será possível que você encontre a taxa de performance, que é aquela cobrada quando a meta é ultrapassada.

Prazos

Cada um dos tipos de fundos de investimento, seja ele qual for, possui o seu próprio prazo. Esse prazo é determinado para cada uma das etapas de cotização. Já quando nos referimos à cotização, esta se trata do período onde o dinheiro passa para se tornar cota e além disso, para ser resgatado.

CNPJ

Pelo fato de se tratar de um patrimônio, os fundos de investimento se trata de algo que possuem CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica). E é este o motivo que leva os fundos de investimento a não terem cobertura do Fundo Garantidor de Crédito. Graças ao CNPJ, você tem a oportunidade de conseguir ter acesso à composição de cada fundo, por meio do CVM.

Impostos

Os fundos de investimento também possuem impostos. Um deles é o Imposto de Renda. Esse imposto é cobrado a partir do lucro que você recebe e com isso, ele é recolhido pelo próprio administrador de tal fundo. Em relação ao IOF (Imposto sobre operações financeiras), este também se trata de um imposto que é cobrado apenas quando você realiza resgates antes de um prazo de 30 dias.

Por que é importante considerar fundos de investimentos na carteira?

O mais importante na hora de realizar a aplicação nos fundos de investimentos, é optar sempre pela diversificação de fundos, pois isso permite a você ainda mais vantagens. Isso acontece exatamente pelo fato de que você vai conseguir obter menores riscos e um ótimo rendimento. Além disso, você investe em algo com outros investidores e recebe seus rendimentos por igual.

Quais são as vantagens dos fundos de investimentos?

Os fundos de investimentos possuem as melhores vantagens, confira algumas a seguir:

Diversificação

Graças a diversificação que os fundos de investimentos possuem, você consegue a possibilidade de ter mais vantagens do que ao investir apenas em um tipo de investimento. Isso porque, você pode optar por fundo de baixo e de alto risco e mesclá-los, tendo a chance de obter um melhor resultado e maiores lucros. Essa é uma das principais vantagens que os fundos de investimento possuem.

Liquidez

Outra das vantagens oferecidos pelos fundos de investimento e que te farão querer aplicar neles mais rápido é a liquidez que eles possuem. Sendo assim, existe a possibilidade de você conseguir realizar aplicações em determinados fundos, e com isso, ter a chance de realizar resgates dentro de prazos curtíssimos, o que não deixa de ser vantajoso para quem investe.

Praticidade

A praticidade na qual você poderá contar ao realizar aplicações em fundos de investimento são diversas e incríveis. Isso porque, você terá um gesto responsável por recolher as aplicações feitas por cada um dos investidores, sendo ele mesmo quem irá realizar a aplicação em determinados tipos de fundos e com isso, ao obter lucros, esses rendimentos serão divididos de forma igual entre os investidores.

Imposto cobrado na fonte

E por fim, mais uma das vantagens que os fundos de investimento possui, é a possibilidade de você não ter que se preocupar com a cobrança de imposto, como o Imposto de Renda, já que este. Isso acontece exatamente pelo fato de que esse imposto ser retido pelo próprio gestor. Esse tipo de sistema, geralmente é conhecido como o “come-cotas”, onde o valor retido está de acordo com o valor as cotas de cada investidor.