Portabilidade de crédito
Finanças

Portabilidade de crédito: O que é e como funciona?

Se você está precisando de mais economia, e com isso, está pensando em fazer a portabilidade de crédito, então saiba que essa pode ser uma ótima alternativa para você. Se você ainda não conhece muito bem o que é a portabilidade de crédito, não sabe como ela funciona, quais são as vantagens oferecidas, quem pode ou não solicitar esse serviço, além de ter várias dúvidas sobre o serviço, a seguir você poderá tudo isso.

Veja também:
Caderneta de Poupança: O que é, como funciona e mais
Cheque especial: Entenda o que é e tire todas suas dúvidas
Reserva de emergência: O que é e como fazer uma?

O que é portabilidade de crédito? Como funciona?

A portabilidade de crédito se trata de um dos serviços que vários bancos oferecem , dando a oportunidade de seus clientes poderem transferir seus serviços para outros bancos. Ou seja, se você realizou a contratação de um determinado empréstimo em um banco X e deseja transferir esse empréstimo para outro banco, já que no banco Y você vai conseguir obter mais vantagens e pagar por taxas de juros menores, essa é a portabilidade de crédito.

Graças a este serviço, você consegue fazer com que a economia seja maior e você possa até mesmo contar com melhores condições e vantagens, já que você pode transferir qualquer dívida de um banco para outro e com isso, conseguir pagar taxas de juros menores, além de muito mais. Portanto, se você não sabia que era assim que a portabilidade de crédito funcionava, agora você já sabe e pode fazer a sua.

Vantagens da portabilidade de crédito

A portabilidade de crédito, sem dúvidas, pode ser vantajosa para o cliente e para o seu bolso. Se você deseja saber quais são as vantagens que a portabilidade de crédito é capaz de oferecer e com isso, saber se realmente vale a pena optar pelo serviço, confira os tópicos a seguir e confira todas as melhores vantagens que esse serviço tem para lhe oferecer:

  • Você garante a possibilidade de pagar por taxas de juros bem menores, o que pode dar uma boa aliviada no seu bolso;
  • Você pode transferir sua dívida para um banco que você já é cliente e está mais familiarizado, e com isso, se sentir mais seguro;
  • Você tem a chance de obter um prazo bem melhor;
  • Além de muitas outras.

O ponto principal é: economia

Quando nos referimos a portabilidade de crédito, estamos nos referindo a ECONOMIA. Sendo assim, se você deseja fazer uma portabilidade de crédito apenas para mudar de banco, isso não vale a pena. Isso porque, a portabilidade de crédito, só vale a pena ser feita quando você transfere sua dívida para um banco que possui taxas de juros menores do que o banco atual.

Quem pode solicitar?

Se você possui um empréstimo em aberto em qualquer banco e está pagando certinho por ele, você pode realizar a portabilidade de crédito e transferir a sua dívida. Ou seja, qualquer um que deseja fazer a portabilidade de crédito e que esteja com o pagamento do serviço em dias pode realizar a operação e com isso, ter a chance de obter melhores vantagens e benefícios.

Como solicitar a portabilidade de crédito?

Se você deseja solicitar hoje mesmo a sua portabilidade de crédito e com isso, ter a chance de conseguir obter mais vantagens e pagar por taxas de juros mais baixas, então saiba que a seguir, você poderá conferir algumas dicas que irão ajudar você a solicitar esse serviço. Confira:

1. Levante tudo sobre o seu empréstimo atual

Antes de mais nada, é importante que você faça um levantamento em relação ao seu empréstimo e o banco atual. Com isso, você vai precisar notar tudo e levar cada ponto do seu empréstimo no banco atual, em consideração. Sendo assim, em seu levantamento, é importante que você note dados como taxas atuais, impostos, parcelamento, entre uma série de outros pontos.

2. Compare as taxas de juros e o CET

Após ter feito esse levantamento completo sobre o seu empréstimo no seu banco atual, chegou a hora de você começar a fazer comparações. Sendo assim, você só precisa pegar os dados do banco na qual você deseja realizar a portabilidade, compará-los e com isso, verificar se realmente vale a pena. Caso os juros sejam bem menores, chegou a vez de ir para o próximo passo.

3. Peça a portabilidade para o novo banco

Depois de ter feito todas as comparações e após ter  certeza de que realmente vale a pena realizar a portabilidade de crédito, chegou a hora de você conversar com o seu banco e com o banco ao qual você deseja transferir a sua dívida e com isso, realizar todo o processo de portabilidade de crédito.

O negócio tem que ser bom para você

Se você fez todas as comparações e viu que ao transferir a sua dívida as taxas de juros continuarão iguais ou até mais altas, você deve desistir de realizar a portabilidade de crédito. Isso porque, ela precisa realmente ser algo que traga benefícios para você e ao pagar taxas maiores você só terá mais prejuízo. Ou seja, só feche o negócio se ele realmente for bom para você.

Posso desistir da portabilidade?

Se você pensou bem e quer desistir da portabilidade de crédito, saiba que não haverá problema algum com isso. Sendo assim, basta informar ao banco e pronto. O melhor de tudo é que a portabilidade de crédito não cobra nenhum tipo de taxa ou de tarifa para a realização da mesma. E, com isso, nada lhe será cobrado caso você desista do serviço.

Quanto custa esse serviço?

Assim como acabei de mencionar anteriormente, a portabilidade de crédito se trata de um serviço que permite a você a possibilidade de você conseguir contratar sempre que você quiser, sem  necessidade do pagamento de nenhum tipo de taxa ou tarifa. Além disso, caso você desista da portabilidade e não queira mais realizar a transferência de sua dívida, você também pode cancelar e não pagar nada por isso.

Melhor banco para portabilidade de crédito

Não existe um banco que seja melhor para a portabilidade de crédito. Isso vai depender do valor da taxa do empréstimo que você está pagando. O melhor é que você procure um banco que ofereça para você, taxas de juros bem menores do que as que você já está pagando atualmente. É isso que faz com que a portabilidade de crédito possa valer a pena.

Portabilidade de empréstimo consignado

A portabilidade do empréstimo consignado é onde você consegue transferir o seu empréstimo nesta modalidade para outro banco. Sendo assim, se você é aposentado, pensionista do INSS ou servidor público, deseja realizar a portabilidade do seu empréstimo consignado e pagar por taxas ainda menores, então realize já a sua.

Bancos que fazem portabilidade de empréstimo consignado

A maioria dos bancos permite que você realize o processo de portabilidade de crédito. No entanto, se você deseja saber qual é o banco que oferece a cobrança menores taxas de juros em empréstimos na modalidade consignada, basta simular e com isso, escolher o banco que oferece as melhores condições para você.

Portabilidade de crédito imobiliário

Você também pode realizar a portabilidade do seu crédito imobiliário sem nenhum problema e sem custos. Sendo assim, se você encontrou um banco que oferece taxas de juros bem menores do que as taxas que você paga atualmente e que possui condições incríveis, então você não deve perder mais tempo e deve solicitar hoje mesmo sua portabilidade de crédito e com isso, ter mais economia.

Portabilidade crédito salário

Se você possui o crédito salário em um determinado banco e deseja transferi-lo para outro, saiba que isso também é possível. Ou seja, se você é funcionário público ou privado, por exemplo, e deseja receber o seu salário em outro banco, você também poderá optar por solicitar a portabilidade de crédito e com isso, conseguir receber o seu salário no banco escolhido.

Quando fazer a portabilidade de crédito?

Você pode realizar a solicitação da sua portabilidade de crédito no momento em que você preferir. Porém, se você contratou um serviço e de repente, devido a alguns imprevistos, você acabou tendo problemas com seu dinheiro e procura opções de economizar, a portabilidade de crédito é capaz de te ajudar.

O que avaliar antes de optar pela portabilidade de crédito

Você deve levar alguns pontos em consideração na hora de optar pela portabilidade de crédito. São eles:

1. Saiba o valor total das suas dívidas

Você precisa analisar e ter em mente qual é o valor do seu saldo devedor antes de realizar a sua portabilidade de crédito.

2. Organize o orçamento

Você precisa também, fazer a organização do seu orçamento, para que assim, você não acabe se endividando e tenha problemas financeiros.

3. Compare as condições de empréstimo

Também é importante que você faça a comparação do seu empréstimo com o empréstimo oferecido pelo banco no qual você deseja fazer a sua portabilidade de crédito, para que assim, você consiga saber se realmente vale a pena fazer a portabilidade e se com ela, você poderá pagar por taxas menores.